Diferenças entre IPA e APA

Diferenças entre IPA e APA

Diferenças entre IPA e APA

Mesmo acostumado a ouvir por aí esses termos no universo cervejeiro, você já deve ter se perguntado alguma vez na vida ”mas afinal qual a diferença entre uma IPA e uma APA?” E será que você realmente sabe? No artigo de hoje, vamos te ajudar a desvendar mais esse mistério, começando lá pela origem dessas duas cervejas lupuladas.

Como já falamos em um outro artigo, os registros indicam que o berço da IPA (India Pale Ale) foi a Inglaterra, lá por 1780, durante as viagens para colonização da Índia, em que as cervejas precisavam viajar por longas distâncias. Como as cervejas acabavam se deteriorando com a viagem, surgiu a ideia de fazer cervejas “mais fortes” e com mais lúpulo. E, como o lúpulo possui propriedades bacteriostáticas, essas cervejas eram conservadas por muito mais tempo. Então, a partir da Pale Ale inglesa teve origem a amarga IPA e esse amargor caiu no gosto dos consumidores da época. Mas depois, com o avanço da refrigeração, esse estilo acabou ficando esquecido. Somente com a revolução cervejeira, que iniciou nos EUA, por volta da década de 70, a IPA e outros estilos esquecidos voltaram às panelas dos cervejeiros. Foi durante essa “revolução” que os americanos, além de reviver alguns estilos, também criaram seus próprios, revisitando os estilos ingleses com uma carga de lúpulo a mais, como a APA (American Pale Ale) e a American IPA.

Do ponto de vista das características de cada estilo, diferenciar uma English IPA de uma American IPA (uma definitivamente mais maltada e outra mais lupulada, além do diferente perfil aromático dos lúpulos ingleses e americanos) é muito mais fácil do que diferenciar uma American IPA e uma APA, pois há muitas características em comum dentro dos dois estilos, principalmente na aparência. Uma APA tende mais para o equilíbrio entre o malte e o lúpulo, enquanto que em uma American IPA, espera-se que o perfil de maltes seja mais suave, deixando o destaque para o amargor mais pronunciado e o aroma inconfundível dos lúpulos americanos. Porém, para algumas pessoas, em APAS com cargas mais intensas de lúpulo, pode ser difícil identificar essa sutil diferença e conforme os fabricantes têm “brincado”, fazendo experimentações com esses dois estilos, as diferenças estão cada vez mais estreitas.

Agora que você já sabe as principais diferenças desses dois estilos, que tal provar a Get Apa (American Pale Ale) e a Granada (American IPA) da Gram Bier e nos contar o que percebeu?

Por Taís Suhre
Biotecnologista
Sommelière de Cervejas
Especialista em Tecnologia Cervejeira

Junte-se aos nossos assinantes.

Receba as notícias do nosso blog, quentinhas, direto do forno.